Blog Pioneira

Chegou o Portal do MEI, um hub de conteúdos relevantes ao microeempreendor individual

13/10/2020
Chegou o Portal do MEI, um hub de conteúdos relevantes ao microeempreendor individual | Blog Sicredi Pioneira

Sistema Sicredi desenvolveu a plataforma para oportunizar informações, serviços e suporte aos associados que já são ou desejam se tornar MEIs

Com o objetivo de prestar mais que um serviço financeiro aos associados microempreendedores individuais, mas também orientação empresarial nas suas transações, o Sicredi desenvolveu a Plataforma MEI, disponível em www.sicredi.com.br/mei. A ferramenta foi criada com informações e suporte para quem já é MEI ou deseja se formalizar, sendo que o acesso é aberto a cooperados ou não, sem a necessidade de cadastro para quem desejar apenas consumir o seu conteúdo. Para utilizá-la, no entanto, é preciso ser associado e preencher o manifesto de interesse. Ao clicar em “Sou associado Sicredi e quero testar”, ele poderá realizar consultas e movimentações de forma rápida e simples, com perfil e visual adequados às necessidades deste segmento.

O portal funcionará como uma espécie de hub de conteúdos relevantes para o microempreendedor individual, relacionando dados sobre a formalização, direitos e deveres, benefícios, produtos mais adequados ao seu tipo de negócio; bem como o acesso a uma seleção de cursos virtuais referentes à gestão, planejamento e educação financeira. Ainda é disponibilizada uma Plataforma de Gestão de Negócios que abrange a Consulta de Saldo e de Extrato, Transferências entre Contas, TED e DOC, Pagamentos de Contas de Consumo, Boletos e DAS; agendamentos, comprovantes e cobrança simplificada. “O benefício consiste em ser o espaço de gestão de negócios e fluxo de caixa do MEI associado, oferecendo uma experiência fluida e prática, de acordo com as necessidades cotidianas de empreendedor, que toma conta de todas as esferas empresariais, servindo como apoio e consultoria técnica”, esclarece Ana Cristiane Machado, Assessora de Negócios e Meios de Pagamento da Sicredi Pioneira RS.

O futuro do MEI

Segundo pesquisas do Sebrae, em 2019, 76% dos microempreendedores individuais dependiam exclusivamente da sua renda como MEIs. O percentual de 28% tinha nos negócios a única fonte de renda familiar, estimando que 5,4 milhões de pessoas eram sustentadas somente pelos rendimentos de suas atividades como MEI. A tendência é que este segmento cresça, principalmente como alternativa de obtenção de renda frente ao desemprego. O GEM (Global Entrepreneurship Monitor) prevê que o grupo dos empreendedores iniciais – entre os quais, os MEIs - atinja um novo recorde histórico com uma proporção de 25% do total da população adulta, até o final de 2020.