Blog Pioneira

Inovação é meramente tecnologia?

20/10/2020
Inovação é meramente tecnologia? | Blog Sicredi Pioneira

Erick Hirata Akamine propõe, neste artigo, a percepção sobre conceitos e efeitos da inovação. Uma bela oportunidade para refletir na semana em que se comemora o Dia Nacional da Inovação.

Muito utilizada no contexto empresarial, a inovação pode ser definida como novidade ou melhoria que gera valor para indivíduos e organizações, podendo ser implementada no mercado. Afora conceitos bibliográficos, quando se fala em inovação, muitos ainda a relacionam com estratégias tecnológicas de última geração ou o simples ato de renovar, mudar antigos costumes ou processos. A tipologia diversa contribui para torná-la um tema tão amplo, porém - ao contrário do que se pensa - as empresas não correm o risco de perder sua identidade ao embarcar em uma cultura inovadora. Essa cultura, aliás, pode ser o motor para impulsionar profissionais a estruturar iniciativas que auxiliem no sucesso da organização.

Inovar é buscar alternativas diferentes para solucionar nossas dores, ajustar a jornada para se adaptar às mudanças. Quando a Sicredi Pioneira RS iniciou o movimento de inovação, a atuação ocorreu em várias frentes, explorando conhecimentos ainda nem tão claros, mas que precisavam ser estruturados. Assim, foram desenvolvidas soluções como o programa de fidelidade Juntos, a plataforma de financiamento de veículos, uma linha de crédito voltado a startups, entre outros. Gradualmente, percebemos que muitas iniciativas não serviriam apenas à cooperativa, mas poderiam adequar-se a outras empresas, ao meio ambiente ou ao ecossistema de inovação aberta do qual fazemos parte. A evolução do trabalho nos permitiu compreender o seu caráter cooperativo, a extensão de sua aplicabilidade. Fomos convidados a integrar o Instituto Hélice, que representa um conjunto de organizações que acreditam na transformação de um ecossistema de inovação de forma colaborativa, como símbolo de uma cultura com o potencial de atrair e reter as melhores pessoas, novos talentos.

Em nossa jornada, amadurecemos conceitos, cometemos erros e aprendemos muito. Continuamos a buscar engajamento para pensar no futuro de forma ampla. Mais recentemente, também fomos convidados a participar da Conexo. Lançada nesta terça-feira, 20/10, durante evento on-line, a iniciativa marca a jornada de transformação das Empresas Randon com o desenvolvimento de pessoas para a mudança de mentalidade, com novas maneiras de pensar e agir, além da aproximação de parceiros externos. A Conexo chega para criar conexões com o objetivo de gerar conhecimento, fortalecer networking, resolver problemas reais, valorizar ideias, capacitar as pessoas e gerar novas possibilidades de negócios, fortalecendo a conexão entre empresas e comunidades.

Acompanhando todo esse processo, será que ainda dá para compreender a inovação como estratégia tecnológica? Não só tecnologia! Há pessoas por trás dela, que trabalham e disseminam sua cultura. Talvez uma oportunidade para arriscar o conceito mais fundamentado de algo que faz parte da essência cooperativa, está presente em nossas relações de negócios e de vida, no nosso cotidiano. No Dia Nacional da Inovação, comemorado ontem (19/10), reafirmamos nosso compromisso, procurando contribuir para o ecossistema de inovação como caminho importante em busca do propósito que nos une: Juntos construímos comunidades melhores.

*Erick Hirata Akamine é Gerente Estratégico de Inovação da Sicredi Pioneira RS