Blog Notícias

Geração solar cresce 35% na primeira quinzena de junho

      A fonte solar fotovoltaica totalizou 686 megawatts médios na primeira quinzena de junho, um crescimento de 35,1% em relação ao mesmo período de 2019. Os dados se referem às grandes usinas e fazendas solares e foram divulgados pela Câmera de Comercialização de Energia Elétrica (CCEE).

      Além da geração solar, apenas as térmicas apresentaram crescimento no período, com incremento de 7,3%. Usinas hidráulicas (-7,7%) e eólicas (-17,6%) registraram redução. No total, a produção e consumo de energia no Sistema Interligado Nacional (SIN) mostraram queda de 6,1% e 8,5%, respectivamente. De acordo com a análise da CCEE, a retração reflete o impacto das medidas governamentais de contenção da Covid-19, intensificadas a partir do dia 21 de março. O consumo na primeira quinzena de junho também foi impactado devido a um dia útil a menos que o mesmo período do ano passado, referente ao feriado de Corpus Christi. Em 2019, a data ocorreu em 20 de junho.

     O consumo de energia apresentou queda em ambos os ambientes de contratação, com retração de 8,2% no Ambiente de Contratação Regulada (ACR) e 9,3% no Ambiente de Contratação Livre (ACL). Segundo a análise, além do impacto da Covid-19, a queda no ACR decorre da migração dos consumidores cativos para o Ambiente de Contratação Livre (ACL). Excluindo o impacto das migrações, o ACR registraria diminuição de 6,4%. Ainda conforme o boletim quinzenal da entidade, a maior parte dos ramos de atividade apresentou quedas representativas no consumo de energia, mesmo sendo as maiores retrações nos setores têxteis (39,5%), veículos (37,1%), serviços (22,4%) e madeira, papel e celulose (15,3%).

Compartilhe este post

assine nossa newsletter

Fique por dentro das novidades sobre energia solar

Dúvidas entre em contato

Entre em contato com a Sicredi Pioneira

Em caso de dúvidas, sugestões ou reclamações.

054 3281 8100 054 99963 8245 [email protected]